Com o crescimento da população, as cidades estão sofrendo um desiquilíbrio ambiental muito grande, porque nem sempre o crescimento é ordenado e guiado por cuidados necessários ao meio ambiente. Como reflexo dessa evolução desordenado, é possível notar os efeitos colaterais, com o aumento das catástrofes naturais.

O lixo está sendo um dos grandes causadores desses problemas. Por causa da grande quantidade, nem todo o material considerado como lixo é descartado de forma correta. Isso está causando grandes consequências no decorrer dos anos, porque o acumulo desse material, está se transformando em um grande inimigo da natureza.

O lixo mau descartado, tem como resultado as constantes enchentes que acontecem em vários pontos do planeta, que estão causando muitos transtornos e prejuízos. Mas os problemas não param por ai, pois grande parte desses lixos, além de causar esses problemas e poluir a terra, eles acabam indo parar nos mares, causando um outro tipo de prolema para o meio ambiente.

Está sendo cada vez mais comum, presenciar animais marinhos encalhados nas praias, por ter ingerido algum tipo de lixo, e nem sempre é possível salva-los, o que causa uma preocupação nos biólogos. Muitas vezes quando o socorro chega, já é tarde de mais, não resta muito o que fazer, somente lamentar pela morte de mais um animal marinho.

Em Guarapari, não e raro o aparecimento de animais encalhados ou mortos nas praias, por ser uma região banhada de ponta a ponta pelo mar, é comum presenciar e saber de histórias de animais que foram encontrados nas praias ou presos nas pedras. Alguns são resgatados e levados para um centro de tratamento, onde recebem os devidos cuidados e depois postos nas águas novamente, mas em outras circunstâncias não se tem mais o que fazer.

Recentemente, foi encontrada uma tartaruga marinha, no morro da pescada, ela parecia estar muito cansada e com dificuldades para respirar, possivelmente por ter ingerido algum plástico ou outro tipo de material. Os guardas florestal dessa reserva, acionaram o resgate de animais marinho, que ao chegar constatou que o animal precisava de cuidados e providenciou o encaminhamento dessa tartaruga para a reserva de tratamento.

Esse trabalho vem crescendo muito, e a dedicação desses profissionais são de imensa valorização, mas se não tiver o apoio da população local e dos visitantes, infelizmente será um trabalho em vão, pois nem sempre é possível localizar e salvar o animal com vida. Por isso devemos manter sempre a boa conduta, para evitar que os lixos que usamos, possam ir parar em locais desapropriados e assim causar transtornos prejuízos ao meio ambiente.

Sendo conscientes  e de alguma maneira conseguindo conscientizar o próximo, é possível que seja evitado muitas catástrofes e episódios tristes como estes, onde animais marinhos, estão sendo sacrificados pela falta de cuidado do ser humano com o meio ambiente. Ainda é tempo de modificar o futuro e preparar um mundo melhor para as próximas gerações, mas para isso devemos começar desde já, porque o planeta está pedindo socorro, e se temos preocupação com o mundo, devemos levantar essa bandeira bem alto.

Deixe um Comentário

Digitar os códigos aqui : *

Reload Image

vinte − dezesseis =